o Boi de Piranha

Kléber Noronha está na meia-idade com uma baita crise. O sucesso que lhe parecia garantido não chegou, e parece que nunca mais vai chegar. A menos que ele dê mais que tudo de si.

Ele tem um programa numa pequena emissora de TV, e decidiu que vai ser o Boi de Piranha de seu público, realizando as idéias e vontades dos expectadores com afinco, e produzindo sua avaliação dos eventos ocorridos.

Kleber Noronha, o Boi de Piranha

Ele tenta de tudo mesmo, e envolve sua vida pessoal nos seus projetos. Ao passo que sua trama cresce, vemos que os outros donos de horário na programação querem abocanhar aquele bloco de horário, caso possam.

Enquanto isso, o produtor da emissora fica se matando para não levar processos nas costas por conta dos desvarios de Kléber.

O formato desse projeto é inspirado em comédias cringe como The Office, Mad Men. Um humor cínico levando à tela o desamparo e a desilução dessa época cheia de transformações que vivemos.

Imaginamos uma primeira temporada com nove episódios, e eles foram inspirados por um trabalho de Conclusão de Curso, que mostro aqui a seguir.

Projeto de um episódio da série.

Consigo imaginar tranquilamente esse projeto avançando com patrocínio de planos médicos, seguradoras, comprimidos de melhora de performance. Inclusive, os que não patrocinarem, pretendo que estejam participando do roteiro.

O diretor e roteirista Cean Costa, está interessado em continuar nesse projeto, pois o aprendizado deve continuar, não é mesmo?